Tomar conta de criança em casa o que você precisa saber

Tomar conta de criança em casa o que você precisa saber
Em meio a crise financeira e a dificuldade de conseguir um emprego muitas pessoas tem optado pelo trabalho informal, a maioria delas escolhe trabalhar nas suas próprias casas, essa é uma maneira de ganhar um dinheiro extra.

Muitas mulheres também acabam optando por abandonar seus empregos quando os filhos chegam, e precisam encontrar uma alternativa para complementar a renda e as melhores alternativas são aquelas que permitem associar o cuidado dos filhos com o trabalho.

Uma das opções para quem deseja trabalhar em casa mas não tem tempo ou dinheiro para investir, é se tornar um cuidador de crianças.

As mulheres que trabalham muitas vezes preferem deixar os filhos com uma pessoa de confiança ao invés de colocar na creche desde muito novo e isso pode ser lucrativo para aquelas mães que estão em casa.

Mas esse trabalho requer muita dedicação e tudo precisa ser pensado antes de assumir tamanha responsabilidade.

A primeira coisa que você precisa fazer é pensar na logística do seu negócio, pensando em cada detalhe fica mais difícil acontecer erros ou surgir imprevistos.

Defina a quantidade de crianças que irá atender por vez:

A quantidade de crianças que consegue cuidar ao mesmo tempo, é muito importante não ir além da sua capacidade isso vai prejudicar seu serviço e você vai perder seus clientes.

A melhor propaganda que existe é a boa reputação e ela só vem quando prestamos um bom serviço, caso contrário os comentários ruins podem te prejudicar, por isso se limite a duas ou três crianças por vez.

Estabeleça seu horário de trabalho:

Ter um horário de trabalho é de extrema importância, é muito comum que pessoas que trabalhem em casa ou como freelancers percam a noção de horas trabalhadas por dia e acabam ficando sobrecarregadas.

Para evitar esse desgaste, estabeleça uma rotina de trabalho e evite sair dela, é óbvio que imprevistos acontecem e seus clientes podem precisar dos seus serviços em horários diferenciados e isso é aceitável, mas não permita que se torne uma rotina.

Use sempre uma agenda:
Tenha uma agenda de marcações, esse tipo de ajuda pode evitar que você se esqueça de algum cliente ou que aceite mais serviço do que consegue cumprir.

Anote na sua agenda todos os trabalhos do mês e vá preenchendo os dias livres com mais clientes ou outros serviços, além disso registre tudo, inclusive os pagamentos que estão em abertos e aqueles que foram realizados.

Conheça os pais e as crianças com quem vai trabalhar:
Esse contato mais próximo permite que você conheça mais sobre a rotina da família e aqueles hábitos que são parte da vida da criança, é importante também respeitar restrições que os pais possam expor.Sempre respeite a criação que os pais escolheram para os filhos.

É essencial ter anotado o contato dos pais ou de responsáveis, possíveis doenças da criança, alergias e contatos médicos, assim em casos de emergências não é preciso perder tempo.

Estabeleça o espaço que será usado para o trabalho:
Definir o espaço que será usado para o cuidado das crianças é essencial, assim você evita chegar no final do dia com toda a casa suja e com muita bagunça para arrumar.

Além disso a casa fica mais livre para o restante dos seus familiares e ainda torna o trabalho mais fácil já que você não vai precisar ficar andando pela casa o dia todo.

Defina seu preço:
Antes de definir seus valores procure conhecer na sua região qual o preço cobrado, tanto pelas creches quanto por babás, assim fica mais fácil você não errar na mão na hora de cobrar.

Lembre-se também de cobrar a mais em casos de tempos extras, cuidados na casa do cliente ou de serviços prestados fora do seu horário de trabalho.